Buscar
  • Histeroclinic

Gravidez Ectópica

Atualizado: 13 de Ago de 2020

Tida como uma condição pouco frequente, a gravidez ectópica acomete cerca de 3 a 5% das gestações no país e se não diagnosticada a tempo, pode resultar em grande risco à gestante.


De forma simples, gravidez ectópica é a gestação ocorrida fora do útero, sendo que a localização mais comum para tal situação são as Trompas de Falópio, comumente chamada ainda de gravidez na tuba uterina.

Por ser uma região incapaz de suportar o crescimento do saco gestacional e prover os demais nutrientes, essa gestação não se desenvolve de forma correta, sendo necessário a interrupção da mesma, minimizando assim riscos à vida da mulher.

A condição, infelizmente, não pode ser prevenida, mas quando identificada rapidamente, ajuda na preservação da fertilidade da mulher, assim como em menor sofrimento psicológico a mesma.

Condições adversas como inflamações ou infecções pélvicas, tabagismo, uso de pílula do dia seguinte, dentre outros, podem colaborar para que ocorra gravidez ectópica, sendo que a forma de minimizar a possibilidade do desenvolvimento de uma gestação fora do útero é a consulta anual com o ginecologista.

Ficou com dúvidas?

Consulte um de nossos profissionais.




Tags: #ginecologia #histeroscopia #Diu #polipoendometrial #mioma #endometriose #infertilidade #hysteroscopy #gravidezectopica #ectopica @ectópica #gravidezectópica #aborto #abortivo

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo