Buscar
  • Histeroclinic

Casal infértil: quando investigar?

Muitos casais sonham em ter filhos, mas desconhecem que podem ser inférteis.


A infertilidade é definida como a ausência de gravidez após 12 meses de relações sexuais regulares sem uso de métodos anticoncepcionais.

A espera de um ano é o tempo suficiente para procurar um médico especialista e realizar os exames necessários. A questão atinge cerca de um a cada dez casais em idade fértil no Brasil e estima-se que aproximadamente dois milhões de casais venham a apresentar algum tipo de dificuldade ao longo de suas vidas reprodutivas.

A sociedade costuma culpar as mulheres, mas isso não passa de um mito. Das causas de infertilidade, 35% são relacionadas a fatores femininos, 35% a fatores masculinos, 20% caracterizadas pela infertilidade combinada do casal e, ainda, em 10% não é possível identificar a razão.

Os fatores femininos para a infertilidade podem estar relacionados com problemas na ovulação, endometriose e alterações tubárias ou no útero. Já os masculinos podem ser por problemas na formação, no transporte ou na ejaculação dos espermatozoides. Ainda que na maioria dos casais seja possível identificar as principais causas do problema, em outros – mesmo após uma investigação completa – não é possível encontrar o motivo específico para a impossibilidade de ter filhos.

Ser mãe ou pai é uma questão muito sensível para algumas pessoas. Por isso, o acompanhamento médico quando se inicia a investigação das causas da infertilidade é fundamental para aumentar as chances de sucesso de uma gravidez natural ou por meio de tratamentos. Opções de procedimentos não faltam, quando acompanhados de um especialista em reprodução assistida, para que o casal conquiste a possibilidade de escolher seu futuro.

Ficou com dúvidas?

Consulte um de nossos profissionais.


Tags: #ginecologia #histeroscopia #Diu #polipoendometrial #mioma #endometriose #infertilidade #hysteroscopy #infertilidade #casalinfertil #fiv #esteril

6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo